Pilates e Hipertrofia Muscular: tudo que você precisa saber sobre essa união!

Nos últimos anos, notou-se um aumento na busca de pessoas que visam a hipertrofia muscular para melhoria de sua aparência física. Nesse mesmo período houve uma disseminação do método Pilates.

Entretanto, como o mesmo processo de Hipertrofia muscular ocorre no Pilates? O Pilates e Hipertrofia pode ser ou é mais eficiente que a musculação?

O Pilates auxilia no ganho de massa muscular, entretanto este não é o objetivo principal do método. O mesmo baseia-se em seis princípios: concentração, centralização, fluidez, respiração, precisão e controle.

Diante de tal exposto o Pilates trabalha com todo o corpo através dos seus princípios. Consequentemente ocorre o ganho de massa muscular, mas, de forma lenta em comparação a outros exercícios.

Em um estudo realizado por Miranda e Moraes (2009) que objetivou verificar as mudanças na composição corporal e flexibilidade em indivíduos adeptos ao método Pilates, observou-se que não houve melhoras significativas nas alterações da composição corporal, no entanto nos testes de flexibilidade houve um grande aumento.

Os testes tiveram duração de vinte e quatro sessões em torno de dois meses, com duas mulheres saudáveis, com idade de 20 e 25 anos, as quais foram avaliadas através da bioimpedância e testes de flexibilidades.

Porém se analisarmos indivíduos idosos sedentários com sarcopenia que iniciam a prática o método Pilates, após poucos meses, é notável o ganho de massa muscular e melhorias na vida diária dos mesmos. O que torna o ganho de massa muscular significante a estes indivíduos.

 

Sem Comentários

Você pode deixar o primeiro comentário.

Comentar

Digite seu nome. Digite um e-mail válido. Digite uma mensagem.