Será que o Pilates promove o fortalecimento muscular?

O Pilates é uma técnica de exercícios físicos que prioriza a proteção da coluna, busca o alinhamento e simetria do corpo, fortalece o “core” e alonga os músculos. Respeita a individualidade de seus adeptos, procura construir a força adequada de maneira gradativa para realização de seus movimentos. Tem sido indicado cada vez mais por médicos que buscam melhorar a qualidade de vida de seus pacientes, além de evitar lesões articulares e/ou reabilitar doenças musculoesqueléticas.

Já é sabido que o peso livre, quando comparado aos aparelhos de musculação, é capaz de promover ganho de força igual ou maior e ainda tem algumas vantagens, como o estímulo à correção postural e melhora da amplitude articular.

No Pilates, o desafio para ganho de força vem do próprio corpo, do uso de molas, dos acessórios externos e também dos pesos livres. Desta forma, fica claro que é possível fortalecer músculos por meio do Pilates.

A diferença mais importante entre ele e os outros métodos, é que o Pilates se preocupa prioritariamente com a qualidade de execução dos movimentos, com a postura e a respiração, o que desafia o “core” e o equilíbrio o tempo todo, e ainda faz tudo isso com o corpo em alongamento para deixa-lo mais leve e fluido.

Resumindo, o Pilates consegue reunir um ótimo trabalho postural, evita lesões, alonga o corpo como um todo e fortalece gradativamente os músculos tanto em busca de definição quanto de estabilização. Assim, o Pilates é mais completo! Basta definir os seus objetivos com seu instrutor.

Sem Comentários

Você pode deixar o primeiro comentário.

Comentar

Digite seu nome. Digite um e-mail válido. Digite uma mensagem.